Prêmio Oscar de Melhor Filme

oscar
Oscar

A conhecida estatueta dourada é atribuída anualmente pela Academia das Artes e Ciências Cinematográficas norte-americana, que nasceu, tal como os prémios, como forma de combater as mudanças que a industria cinematográfica enfrentava no final da década de 20.

A ideia da criação da Academia nasceu da mente de Louis B. Mayer, patrão do então maior estúdio de Hollywood, a Metro-Goldwyn-Mayer (MGM), durante um jantar com o realizador Fred Niblo e com o presidente da Associação de Produtores, Fred Beeston. A ideia da academia foi apresentada a mais de 30 personalidades da industria num jantar em 11 de Janeiro de 1927, então sob a designação de International Academy of Motions Pictures Arts and Sciences. Os participantes no jantar foram considerados os fundadores da Academia, tendo sendo eleito Louis B. Mayer o presidente do comité para a criação da Academia.

Ainda sob a égide da MGM, a Academia foi registada a 4 de Maio de 1927 com a designação de Academy of Motion Pictures Arts and/or Sciences e com o actor Douglas Fairbanks como seu presidente. Nesse mesmo mês, e perante 300 convidados de um banquete que serviu para aceitar mais membros para Academia, Fairbanks anunciou a criação de um prémio para combater os ataques e o descrédito público em que a industria cinematográfica tinha caído. Nascia, assim, a génese do que viriam a ser os Óscares.

Em Julho do ano seguinte, a Academia anunciava as primeiras regras dos prémios que reflectiam a importância dada ao galardão. Este deveria ser “a maior distinção obtida na profissão cinematográfica e só através da imparcialidade e da justiça dos votantes isso pode, e deve ser possível”.

A primeira cerimónia de entrega de prémios ocorreu a 19 de Maio de 1929 e galardoou os filmes estreados na cidade de Los Angeles entre 1 de Agosto de 1927 e 31 de Julho de 1928. Este sistema vigorou até 1934, altura em que os prémios passaram a galardoar os filmes estreados durante o ano em causa. A partir do ano seguinte a cerimónia passou a realizar-se entre fins de Fevereiro e princípios de Abril, embora os vencedores fossem conhecidos com meses de antecedência. O sistema de votação secreta e envelopes selados apenas teve inicio em 1941, mantendo-se até aos dias de hoje.

As regras de atribuição dos prémios foram sendo alterados ao longo dos anos e dos 11 prémios atribuídos em 1927 passou-se para os 31, incluindo categorias técnicas que são atribuídas numa cerimónia extra que antecede a principal. O actual sistema de voto, em que as nomeações são designadas pelos membros de cada categoria, mas em que cada membro vota para os diferentes vencedores em todas as categorias, foi instituído em 1957.

O prémio, uma estatueta banhada a ouro desenhada pelo departamento de arte da Metro-Goldwyn-Mayer, foi baptizado, segundo reza a história, por uma secretária, que terá comentado que a estatueta lhe fazia lembrar o seu tio Oscar. No entanto, muitas outras pessoas reclamam a paternidade do nome.

Curiosidades:

Filmes com mais nomeações (14):
– Eva (1950)
– Titanic (1997)

Filmes com mais prémios (11):
– Ben-Hur (1959)
– Titanic (1997)
– O Senhor dos Anéis: O Regresso do Rei (2003)

Filmes vendedores nas principais categorias (melhor filme, melhor realizador, melhor actor principal, melhor actriz principal e melhor argumento):
– Uma Noite Aconteceu (1934)
– Voando Sobre Um Ninho de Cucos (1975)
– O Silêncio dos Inocentes (1991)

Entidades com mais nomeações:
– Metro-Goldwyn-Mayer (62)
– Walt Disney (59)
– John Williams (45)
– Alfred Newman (43)
– Warner Bros. (42)

Entidades com mais prémios:
– Walt Disney (26)
– Eastman Kodak Company (19)
– Panavision, Inc. (17)
– Itália (13)
– Metro-Goldwyn-Mayer (13)

Filmes com mais nomeações (11), mas sem nenhum prémio:
– The Turning Point (1977)
– A Cor Púrpura (1985)

Pessoa com mais prémios de interpretação (4):
– Katharine Hepburn (1932/33, 1967, 1968, 1981)

Pessoas com mais prémios de realização:
– John Ford (4)
– Frank Capra e William Wyler (3)

Fonte: http://www.chambel.net

Galeria de posters dos filmes vencedores do Óscar de Melhor Filme (1927-2007)
http://www.chambel.net/imagens/galeria/oscares/thumb.html

Todos os títulos que receberam o Oscar de Melhor Filmes

2008 Onde os Fracos Não Tem Vez (No Country For Old Men)
2007 Os Infiltrados (The Departed)
2006 Crash – No Limite (Crash)
2005 Menina de Ouro (Million Dollar Baby)
2004 O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (The Lord of the Rings: The Return of the King)
2003 Chicago (Chicago)
2002 Uma Mente Brilhante (A Beautiful Mind)
2001 Gladiador
2000 Beleza Americana
1999 Shakespeare Apaixonado
1998 Titanic
1997 O Paciente Inglês
1996 Coração Valente
1995 Forrest Gump – O Contador de Histórias
1994 A Lista de Schindler
1993 Os Imperdoáveis
1992 O Silêncio dos Inocentes
1991 Dança com Lobos
1990 Conduzindo Miss Daisy
1989 Rain Man
1988 O Último Imperador
1987 Platoon
1986 Entre Dois Amores
1985 Amadeus
1984 Laços de Ternura
1983 Gandhi
1982 Carruagens de Fogo
1981 Gente como a Gente
1980 Kramer Vs Kramer
1979 O Franco Atirador
1978 Noivo Neurótico, Noiva Nervosa
1977 Rocky – Um Lutador
1976 Um Estranho no Ninho
1975 O Poderoso Chefão 2
1974 Golpe de Mestre
1973 O Poderoso Chefão
1972 Operação França
1971 Patton – Rebelde ou Herói ?
1970 Perdidos na Noite
1969 Oliver!
1968 No Calor da Noite
1967 O Homem que não Vendeu a sua Alma
1966 A Noviça Rebelde
1965 My Fair Lady – Minha Bela Dama
1964 As Aventuras de Tom Jones
1963 Lawrence da Arábia
1962 Amor Sublime Amor
1961 Se Meu Apartamento Falasse
1960 Ben-Hur
1959 Gigi
1958 A Ponte do Rio Kwai
1957 A Volta ao Mundo em 80 Dias
1956 Marty
1955 Sindicato de Ladrões
1954 A Um Passo da Eternidade
1953 O Maior Espetáculo da Terra
1952 Sinfonia de Paris
1951 A Malvada
1950 A Grande Ilusão
1949 Hamlet
1948 A Luz é Para Todos
1947 Os Melhores Anos de Nossas Vidas
1946 Farrapo Humano
1945 O Bom Pastor
1944 Casablanca
1943 Rosa da Esperança
1942 Como era Verde o meu Vale
1941 Rebecca – A Mulher Inesquecível
1940 E o Vento Levou
1939 Mundo Nada se Leva
1938 A Vida de Emile Zola
1937 Ziegfield, o Criador de Estrelas
1936 O Grande Motim
1935 Aconteceu Naquela Noite
1934 Cavalcade
1933 Grande Hotel
1932 Cimarron
1931 Sem Novidade no Front
1960 Broadway Melody
1929 Asas

Fonte: http://www.webcine.com.br/totoscar.htm

Curiosidade
Oscar
Local: Los Angeles, Califórnia

Site Oficial: http://www.oscars.org

Prêmios:
Oscar
Honorary Award
Juvenile Award
Special Achievement Award
Medal of Commendation
Award of Commendation
Special Commendation
Irving G. Thalberg Memorial Award
Jean Hersholt Humanitarian Award
Academy Award of Merit
Scientific and Engineering Award
Technical Achievement Award
Gordon E. Sawyer Award

Histórico:
And the Oscar goes to…

O cinema ainda era um jovem de 32 anos quando foi fundada a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, em 19 de março de 1927 – no dia 4 de maio a Academia tornou-se uma entidade legal. A proposta, que tinha como objetivo incentivar a produção de obras de qualidade técnica e artística, partiu de Louis B. Meyer, o presidente da então poderosa Metro-Goldwyn-Mayer. Tratava-se de uma idéia antiga e que há muito fazia parte das discussões e dos sonhos daqueles que circulavam nos estúdios em Los Angeles. Mais pela vaidade das estrelas e dos chefões de Hollywood, e menos pelo fator sociológico que o prêmio poderia ter na História do cinema. Seria impossível imaginar, na época, que o prêmio se tornaria o mais importante do mundo.

Os primeiros ganhadores foram anunciados em fevereiro de 1929, mas os prêmios só vieram a ser entregues no dia 16 de maio, durante um jantar no salão Blossom do Hotel Roosevelt de Los Angeles. Naquele ano, foram premiadas as categorias de melhor filme, diretor, ator e atriz, fotografia, direção de arte e história. O ator Douglas Fairbanks, presidente da Academia, não levou mais do que cinco minutos para anunciar os vencedores. Coincidentemente ou não, Fairbanks e sua mulher, a também atriz Mary Pickford, eram os proprietários do Hotel Roosevelt.

A ESTATUETA

Durante os quatro primeiros anos da cerimônia a estatueta não tinha nome. Era chamada apenas “The Academy Awards of Merit” – na verdade o título oficial até hoje. O nome Oscar surgiu em 1931 e já na entrega dos prêmios em 1932 foi utilizado informalmente. Mas há também pelo menos três histórias sobre esse batismo. A mais conhecida e divulgada é aquela em que a bibliotecária Margaret Herrick – e mais tarde secretária executiva da Academia -, em seu primeiro dia de trabalho, olhou para a estatueta e disse: “Ele se parece com meu tio Oscar (Pierce)…” Sidney Skolsky, um influente crítico de cinema em Hollywood, teria ouvido a frase e a publicado. Já a atriz Bette Davis durante muitos anos afirmou que ela era a madrinha do Oscar, por sustentar que a estátua se parecia com as costas de seu então marido, Harmon Oscar Nelson.

Outra possibilidade é que o próprio Sidney Skolsky teria sugerido o nome à Academia, com a intenção de humanizar o prêmio. Assim recordou-se dos espetáculos de vaudeville, em que os comediantes sempre brincavam com os regentes de orquestra dizendo “Você tem um charuto, Oscar?” Consta que a primeira vez em que Skolsky se referiu ao prêmio como Oscar foi após a cerimônia de 1934, quando escreveu em sua coluna num jornal: “Katherine Hepburn recebeu o Oscar por sua atuação como Eve Lovelace em ”Manhã de Glória” (Morning Glory)”.

A estatueta do Oscar, entregue anualmente aos melhores do cinema, tem apenas 34 centímetros de altura e pesa 3,850 gramas. A estrutura é confeccionada a partir de uma composição de 92,5% de estanho e 7,5% de cobre, e é banhada em platina e ouro de 14 quilates. De 1941 a 1945, em função da 2ª Guerra Mundial, a estatueta passou a ser moldada em gesso para se evitar o gasto inadequado com metal.

A imagem mostra um homem forte, uma espécie de guerreiro, segurando uma longa espada sobre um rolo de filme. O autor da estatueta foi Cedric Gibbons, importante diretor de arte da Metro-Goldwyn-Mayer (MGM), tendo sido esculpida pelo escultor George Stanley. O próprio Gibbons, que conta a história fez o primeiro esboço do Oscar num guardanapo da tradicional boate Brown Derby, em Los Angeles, foi indicado 40 vezes para o prêmio e recebeu onze estatuetas em toda a sua carreira. A partir de 1949, a Academia decidiu numerar os Oscars para se evitar falsificações. O primeiro número, escolhido aleatoriamente, foi o 501.

* Por Marcos Petrucelli
Fonte: http://epipoca.uol.com.br/premiacoes.php?idp=1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: